New York, New York.. Por Tete, Flavia e Aline

New York City é tema recorrente neste blog. Não é a toa. Capital do mundo, cidade que desperta o amor de todos que pisam nessa terra. E super adepto de colaborações, o cool travel tips conta agora com uma, ou melhor 3 participações muito especiais, NYC na visão de três amigas que desbravaram a cidade juntas!

New York. Também conhecida por “Big Apple” desde 1920 quando Fitz Gerald usou apelido em uma matéria no jornal local. New York. A casa dos Mets ou dos Yankees quando o assunto é baseball. Se preferir é a casa dos Giants e dos Jets, que pela segunda vez consecutiva perdeu no palyoffs e não foi para o Super Bowl, deixando seu vasto número se torcedores inconformados.

   

Para os mais animados NY é também dona de uma das passagens de pedestres mais movimentadas do mundo, a Times Square, também conhecida como “The Crossroads of the World”.

 

Para os mais ambiciosos é o centro financeiro do mundo representado pela Wall Street. Pode ainda ser a “the city that never sleeps” de acordo com Frank Sinatra em seu clássico New York New York. E se você gosta de música porque não acreditar em Jay-Z e Alicia Keys, grandes expoentes da cultura musical da cidade, quando eles dizem “Concrete Jungle where dreams are made of, there´s nothing you can´t do in New York”. Cidade do mundo, cidade de todos.   

 

Mas foi preciso um seriado de TV onde Sarah Jessica Parker mostrou ao mundo, através de sua Carrie Bradshaw, que NY também é a cidade das grandes amigas. Amigas que estão sempre juntas para o que for preciso. Juntas para adorar um Manolo ou um Jimmy Choo e entender como uma nova handbag MiuMiu ou Dolce Gabana é de vital importância para outra.

  

 Claro, só mesmo uma BFF (Best Friend Forever) para entender que a amiga não seria a mesma pessoa sem seu novo vestido Louis Vuitton e que compras na Tiffany são uma necessidade básica da mulher. Quem melhor que sua BFF para estar ao seu lado quando seu cartão de crédito passa naquela maquininha te avisando que você está gastando mais do que devia para não ficar sem suas luvas de inverno Gucci? Ou então para entender a intensidade do momento em que você finalmente encontra a sua clutch da Bottega Veneta. Aquela clutch você tanto sonhou e parece que finalmente sua vida ficou completa por causa dela!    

E poderia haver lugar no mundo melhor que NY para estar com suas melhores amigas?! Definitivamente não! E felizmente tivemos uma semana assim! Perfeita, no inverno de New York. Pra nós, NY, além dos diversos apelidos já existentes, passa a ser a Cidade das BFF´s!

   

 E, por termos nos divertido tanto, pensamos em dividir um pouco da nossa semana. Aí vão algumas dicas deliciosas para se divertir em NYC com suas melhores amigas. Atenção: as dicas são para dividir com amigas. NYC com namorado, marido ou filhos é outra estória!

  

Compras: Ok, NY é, provavelmente, a capital mundial das compras. A grande maioria não terá nenhuma dificuldade para encontrar as grandes marcas essenciais na vida de uma mulher. Mas, esta semana a dica fica por conta da recém inaugurada Brandy & Melville.

A marca italiana super descolada que desde 2008 encanta as californianas, abriu finalmente sua primeira loja em NY, mais precisamente no Soho na 83 Spring Street. Tudo de bom! Na capa da Vogue norte-americana do mês de fevereiro Kristen Stewart, a famosa namorada do vampiro, usa vestido da nova coleção de Proenza Schouler.

Com um design super arrojado a sua nova coleção está linda! As prateleiras de sua loja na Saks já estavam praticamente vazias. “Sorry! Almost sold out” nos disse o vendedor quando perguntamos por mais variedade na loja.

Outro que não podemos deixar de falar é o canadense Erdem Moralioglu. Em 2010 ele ganhou o prêmio de 200 mil libras da BFC (British Fashion Council)/Vogue. Sua visibilidade no mundo da moda cresceu e com sua carinha de bom moço ele vem conquistando cada vez mais um grande número de celebridades como Keira Knightley e Leigthon Meester, além da primeira dama norte-americana Michelle Obama. Sem interesse de seguir tendências da moda ele diz que deseja apenas fazer as mulheres se sentirem bonitas com seus modelos. Fofo, não? Sua coleção nova está a venda na Barneys NY.   

 Mudança de estação nas coleções e as nova-iorquinas lotam os Sample Sales!

 São liquidações, geralmente em galpões alugados para o evento, com muita pechincha! Esta semana as peles ganham destaque absoluto! Em algumas Sample Sales há brigas por determinada mercadoria! Engraçadíssimo! Paras as mais descoladas, no Soho (43 Mercer St) fica a Babeland. Uma sex shop boutique, super cool! Lotada! Ao entrar você tem a impressão que está chegando a um barzinho mais moderno. Você só dá conta que é uma sex shop ao ver os produtos expostos em grandes bancadas com design moderno. Para aquelas que querem apimentar o relacionamento, fica a dica.     

Baladas e restaurantes: Claro que saindo com as amigas não poderia faltar a balada! O Meatpacking District continua a sensação da noite nova-iorquina. Claro que não poderia faltar o Buddakan, restaurante oriental com culinária perfeita (digna de um restaurante badalado de Hong Kong) e que foi cenário do filme Sex and the City. Mais uma vez, obrigada Carrie Bradshaw! Nós experimentamos diversos pratos e estavam todos perfeitos! Aí vão alguns deles: Chinese Sausage Fried Rice Asian Green Stir Fry Broken Chilli Chicken.

 O Boom Boom Room no Stardard Hotel ainda no Meat Packing District continua movimentado e bom para um drink a noite. Já o Stardard Grill no mesmo hotel deixou um pouco a desejar no quesito comida apesar do ambiente bem gostoso.

    

 A Kiss and Fly (409 W 13th St), ainda lotada nos fins de semana. Excelente para dançar e se acabar na noite! Agora, divertido e cool é o La Esquina (The Corner). Um restaurante/bar mexicano quase no Soho (106 Kenmare St). Ao chegar você não acredita que aquele lugar pode servir para alguma coisa. Parece um “diner” velho caindo aos pedaços. Logo na entrada o segurança e o promoter questionam se você tem reserva. Não? Humm… “sorry”, mas não pode entrar. A não ser, claro, se você estiver em um grupo de mulheres bem vestidas e produzidas. Sem dúvida você entra! Ao entrar você desce uma escada (cuidado com os saltos) passa por dentro da cozinha e ai então você chega a um dos bares mais transados que já fomos. Galera bonita e descolada. Um casal de DJ´s super simpáticos comanda as picapes. O barman Lucas é um caso a parte. Lindo! Sem dúvida foi nossa melhor noite em NY.

Agora, se você estiver por lá com suas amigas em um sábado, Felix é o restaurante! No Soho ( esquina da West Broadway com Grand st). Um bistrô francês com galera descolada, lotado de gente nova e bonita. Fora a comida que é deliciosa (recomendo o steak au poivre)! Felix Domingo, dia de brunch. O tradicional Balthazar (80 Spring St – Soho) continua imbatível. Lotado, mas delicioso. Sempre vale a pena! Agora para um café da manhã perfeito o Brooklyn Diner (155W 43rd St – em frente à NASDAQ) é imbatível. Melhor panqueca da cidade! Tudo fresco e preparado na hora! Nada melhor para começar o dia! Almoço ou jantarzinho rápido e gostoso?

 

O Serafina (sete casas em NY) e, que abriu recentemente suas portas em São Paulo, é sempre gostoso. Boa comida e bom vinho. Atendimento rápido e eficiente! O que é imperdível mesmo em NYC é o Eataly (200 5th Av). Um espaço com 3.000 m2 de pura Itália inaugurado há sete meses. Ao entrar você tem a impressão que está dentro de um mercado central na Itália.

Diversas gôndolas com produtos italianos (risotos a torrones) e sete restaurantes, sendo cada um uma especialidade do país (carnes, massas, pizzas, frutos do mar…). Um paraíso! Lotado todos os dias! E por favor, faça calor ou frio, não deixe de experimentar a mussarela de búfala e o sorvete de pistache! Imbatível!

E finalmente, a última dica. Se precisar de um motorista de confiança, o Jean Marcelo é a pessoa. Natural de Goiânia, possui 4 carros e trabalha com a esposa, a filha e o genro norte-americano (“estou deixando ele mais brasileiro”, promete Jean!). Simpático e atencioso vale a pena ter seu contato em mãos para um transfer do aeroporto e até mesmo para um dia intenso de compras. Seu telefone é o 1.201.923 2361 – Nextel 175*316729*9. Muitas brasilienses já estão na sua lista de clientes!

Bom, é isso! Esperamos que gostem das dicas!

Aline, Flavia e Tete (BFF´s)

 

Anúncios
| 4 Comentários

Onde Comer: El Bistro, Buenos Aires

Sei que muitos devem estar se perguntando porque a maioria das dicas nesse blog são gastronomicas. Fácil a explicação, é a volta da mesa que a vida acontece. Em bares, restaurantes e afins passamos bons momentos da vida e temos a possibilidade de ter experiências completas, confortáveis e divertidas, ainda mais quando se trata de viagens. Pelo paladar conseguimos ter uma grade visão da cultura de cada País.

Bom mas vamos ao objetivo do post, o charmoso restaurante El Bistro, em Buenos Aires.  Com localização impecável, dentro do tradicional Hotel Faena em Puerto Madero, o restaurante tem decoração excentrica by Philippe Starck, serviço de primeira e dizem que tem umas das melhoras cartas de vinhos da cidade. A gastronomia, comandada pelo chef  Mariano Cid de la Paz, que foi discípulo de Ferran Adriá, segue os moldes luxuosos do Hotel e Restaurante, trazendo no cardápio espumas e ostras com purê de limão, tortillas liquidas, sobremesas de chocolate regadas a cerveja e outras excentricidades. Sentar em uma dos 60 lugares dispostos pelo salão do El Bistro é concerteza uma experiência inesquecível.

El Bistro

Martha Salotti 445 | Puerto Madero, Buenos Aires, Argentina

(011) 4010 9200 | www.faenahotelanduniverse.com/

| Publicar um comentário

Onde Comer : Budakkan, NYC

NY é o campeão de posts nesse blog! Não e a toa, a cidade é cosmopolita e apresenta uma infinidade de opções para todos os gostos.  O Buddakan é mais um dos restaurantes badalados da cidade que reúne grupos atrás de boa comida e uma noite agradável.

O local já foi palco de cenas de Sex and The City, e para conseguir reservas para sextas e sábados e preciso pelo menos uma semana de antecedência! As mesas super concorridas do restaurantes estão sempre cheias de grupos prontos para se deleitar com o delicioso menu asiático servido pela casa.

Budakkan

http://www.buddakannyc.com

75 9th Ave

New York, NY 10011

(212) 989-6699

| 2 Comentários

Onde Ir: Top of The Rocks, NYC

Para fugir do turístico e sempre lotado Empire State Building, o Top of The Rocks, no Rockfeller Center é a opção ideal.  Bem mais vazio é mais próximo do Central Park possibilita uma visao 360 graus da Big Apple. Assistir o Por do Sol por lá é o programa MUST GO de férias na cidade.

 

| 1 Comentário

Bib Gourmand :: NYC

O famoso Guia Michelin acabou de divulgar a lista de “good food at moderate prices”. Nesta lista não inclui obviamente os luxuosos Le Bernadin ( favorito de Sarah Jessica Parker) e Jean Georges. São restaurantes que cobram o justo pelo bom cardapio que oferecem, mais conhecidos como:  Bom custo Beneficio ( $ 40 por dois pratos, uma taça de vinho ou sobremesa….)

Bom como são quase 100 restaurantes na lista vou apontar alguns nomes que achei interessantes, quem se interessar pela lista completa clique aqui

– Boqueria

– DBGB Kitchen & Bar ( o filho pobre do Daniel Boulud )

– Marlow & Son ( em Williamsburg)

– Mercato

– Momofuku Noodle Bar

– Momofuku Ssam Bar

– Park Avenue Bistrot

– Supper

– Snack

– Surya

– Asia de Cuba

– Blue Ribbon Bakery

Publicado em New York, Onde Comer | Publicar um comentário

Passaporte por Giulliana Martinelli

Mais um passaporte super especial! A fofa Giulliana Martinelli do F-utility contou tudo sobre Buenos Aires, cidade qual é habitué! Todas as melhores dicas de quem conhece cada pontinho da cidade!

Buenos Aires é, definitivamente, ao lado de Paris e NY uma das minhas cidades favoritas no mundo. É incrível o quanto eu me sinto em casa quando estou lá. Costumo até dizer que é um cantinho europeu na América do Sul, porque lembra muito as cidades européias, seja nos cafés com cadeiras na calçada, ou na arquitetura neoclássica de diversos prédios do centro da cidade.

Onde Ficar: Recomendo a rede Loi Suites (www.loisuites.com.ar). Hotéis novos, acolhedores, com bom serviço e localizados em pontos bons da cidade, como a Recoleta ou as proximidades da praça General San Martin – lugar gostoso pra fazer piquenique, e a poucos metros de distância da calle Florida, uma das principais ruas de comércio da cidade. Se estiver afim de um hotel mais estrelado e moderno, vale também se hospedar no Faena (www.faenahotelanduniverse.com), que está localizado em Puerto Madero, leva a assinatura de Philippe Starck e conta com o brunch mais concorrido da cidade, além de um show de tango quase exclusivo.

Onde Comer: Durante o dia ou antes da balada, vale fazer uns pit-stops para comer as empanadas, que são uma delícia, super locais e você não perde os minutos preciosos da sua caminhada rumo às compras ou a outros passeios. A Recoleta é, sem dúvida, o melhor bairro para comer bem, com diversas opções de restaurantes, um ao lado do outro. Vale ir a um barzinho de esquina chamado Romario, na calle Vicente López, onde garçonetes de patins (!!) servem empanadas em diversos sabores e num tamanho perfeito para você comer mais de uma.

Se estiver afim de fazer uma média com o namorado, vale levá-lo ao bar/restaurante Locos por Fútbol, que fica na mesma rua, logo ao lado. Como o próprio nome diz, trata-se de um lugar onde o tema principal é futebol. Certeza que ele vai gostar!

Ainda na Recoleta, o restaurante Lola é ótimo para um jantar a dois, principalmente se estiverem comemorando alguma data especial.

Outro bairro muito bom para comer é Puerto Madero, um porto que teve suas docas transformadas em quadras e mais quadras de restaurantes à beira do rio da Prata, com vista para a ponte de las Mujeres, do arquiteto Santiago Calatrava. Lá você encontra todos os tipos de restaurantes, desde os mais chiques aos mais despojados, é só ir olhando os cardápios e escolher. Mas se já estiver com vontade de comer a sobremesa, vale ir à sorveteria Freddo – tem várias em BsAs – e provar um dos diversos sabores de sorvete que levam de doce de leite (o original é uma delícia, mas vai ser impossível não querer provar os outros). Se as calorias a mais não forem um problema, peça um alfajor com recheio de sorvete de doce de leite, é imperdível!

Foi passear no Palermo Soho e bateu uma fominha? Uma boa opção é o Meridiano 98º, que serve o menu do dia e bebida por um preço fixo – a comida vale a pena. Outro hotspot gastronômico da cidade é o Sucre, também em Palermo. Especializado em comida contemporânea internacional, o estrelado restaurante do ex-técnico do Boca Juniors, Carlos Biancchi, é delicioso em todos os aspectos: pratos maravilhosos, ambiente sofisticado e moderno, carta de vinhos excelente – a adega é uma sala de vidro enorme localizada no meio do salão – e serviço atencioso.

Se o seu foco são os alfajores, delícia típica das terras porteñas, o melhor lugar para comê-los é a confeitaria francesa La Brioche Dorée, que fica dentro de uma livraria, na calle Florida. Acredite, é uma delícia! Mas se preferir comprar os tradicionais alfajores Havanna – souvenir obrigatório pra família e amigos -, basta seguir alguns metros adiante para comprá-los na loja própria da marca. Uma alternativa boa, caso você queira levar algo diferente para os amigos, é o alfajor Jorgito, que também é super gostoso – você encontra nas vendinhas espalhadas pela cidade. (logo, logo um post exclusivo sobre o tema aqui!)

 Onde Comprar: Meu forte nas viagens costuma ser as compras, eu adoro lojas, shoppings e afins, gosto muito de conhecer marcas novas! haha E Buenos Aires é um lugar ótimo pra comprar, principalmente porque o nosso Real vale mais que o Peso argentino.

Embora a calle Florida seja a rua mais tradicional para compras, por ser repleta de lojas e galerias, não é o melhor lugar caso você seja jovem, pelo simples motivo que as roupas vão agradar mais seu pai e sua mãe do que você, já que são um tantinho demodê. Roupas em couro e em cashmere estão por todos os lados, e vale investir caso você esteja interessado nesse tipo de artigo – o ‘cuero de vaca’ argentino é um dos melhores que existe. Por lá também tem sempre alguns artista de rua.

Ainda na calle Florida, a Galerias Pacífico é parada obrigatória. Era uma galeria de arte que foi transformada em shopping e conta com lojas ótimas e uma boa praça de alimentação – opção legal e cheia de possibilidades se você está andando há horas e precisa comer. Se o seu interesse são mesmo as compras, indico a Paula Cahen D’Anvers, que tem vestidos lindos, a Rapsódia, com suas roupas boho chic, a Wanama, boa loja de roupas casuais e acessórios, a loja da MAC (lá vende MAC Pro) e a VZ, loja incrível de cosméticos – minha dica de produto é o esfoliante para as mãos, excelente. Logo em frente à galeria fica a Musimundo, loja de cds incrível, enorme e com uma ótima variedade de cds de tango – vale ouvir: Tanghetto, Gotan Project e Bajofondo, mais moderninhas e com batida eletrônica bem legal.

Um pouco distante dalí, em Palermo, existe o shopping Alto Palermo, que fica ao lado do metrô e tem diversas lojas incríveis – além das que falei acima. Anote aí: Las Pepas, Kill, Kevingston (alô presente pro namorado!), Folh (acessórios mil!), Akiabara, Mac Online (loja que vende Apple), Chocolate, entre outras, famosas ou não, que você vai descobrir por lá. O mais legal é que o shopping fica na avenida Santa Fé, onde você também encontra um monte de lojas boas e também a galeria Bond Street, equivalente às galerias Ouro Fino e do Rock.

Se o seu lance é o luxo, vale ir ao Pátio Bulrich, na Recoleta, que equivale aos shoppings de alto luxo de São Paulo. As boas marcas estão todas lá – e tem Freddo também, então se não der pra comprar nada, você compra um sorvete e tá tudo certo!

Gosta de objetos decorativos? Perto do Pátio Bulrich tem o Buenos Aires Design, onde está localizado o Hard Rock Café e boas lojas de decoração, entre elas a Morph, que vale conhecer. Se estiver com fome (e acompanhada do namorado), vale ir ao Modena Design Café, que fica na parte de baixo do BsAsDesign e, além de um café, tem uma espécie de museu e uma giftshop da Ferrari. Lá perto está localizada a Floralis Genérica, escultura de metal em formato de flor, que abre e fecha suas pétalas por conta de um sistema hidráulico – o melhor momento pra vê-la é à noite, iluminada. Lá pela avenida Alcorta e imediações você também encontra do Malba, o Museu de Arte Latina de Buenos Aires – o painel do cara levitando um pãozinho é sensacional. Lá no Malba tem um restaurante gostosinho e uma loja enorme, cheia de coisas interessantes.

Onde Badalar:  A noite começa tarde em Buenos Aires – a partir de 1h30 as baladas já começam a ficar com fila na porta. De acordo com os próprios argentinos, a Crobar é uma das melhores baladas da cidade. É do tipo mais arrumadinha e menos alternativa; você paga uns 20 pesos pra entrar, com direito a uma bebida incluída. Tem mais de uma pista, com mais de um som tocando, a música é ótima, o povo se diverte bastante sem te incomodar e existe espaço pra dançar – coisa rara em boa parte das baladas por aí.

Se estiver procurando um programa mais tradicional para antes da balada, vale ir a um ‘cena y tango’, ou seja, jantar completo com show de tango. Minha dica são os mais tradicionais, como Esquina de Gardel, Señor Tango, Viejo Almacén e La Ventana. Evite os mais modernos, você acaba saindo meio frustrado por ver muita dança e pouco tango.

Onde Ir: Os programas turísticos você vai acabar fazendo de qualquer jeito, por isso vou listá-los sem muitas explicações: bairro de San Telmo, Casa Rosada, Plaza de Mayo, cemitério da Recoleta (onde está enterrada Evita), estádio da Bombonera, Tren de la Costa e passeio pelo rio de la Plata e/ou Tigre (nesse eu fui com 8 anos, não lembro exatamente), Caminito, avenida 9 de julho (com o obelisco) e café Tortoni (tradicionalíssimo!).

 

Para não errar:

– Nunca dê notas altas para os taxistas, você pode ser surpreendido com um troco em notas falsas;

– O metrô é barato e uma boa opção, mas a linha não é muito extensa, então vale pegar o metrô para pontos mais distantes e, saindo das estações, pegar um táxi ou ir andando aos lugares;

– Muito cuidado com os ladrõezinhos que ficam no metrô perto dos guichês de venda das passagens – eles roubam seu troco na cara dura;

– Não troque dinheiro no guichê logo na porta de desembarque do aeroporto, você com certeza vai ficar bravo e achando que perdeu dinheiro quando se deparar com taxas de câmbio mais baixas no banco de La Nacion, por exemplo!

Agora é só pegar o primeiro vôo!

| 3 Comentários

Base :: Miami

Esta loja stands out de toda atmosfera e circuito shopping de Miami. Localizada na Lincoln Road, a loja tinha tudo para estar no spot mais hype de ny…..

Com um mix incrivel de roupas, acessorios, livros, revistas e etc….tudo garimpado pelo atencioso dono Steven Giles, é um lugar que vale a pena passar 1 horinha ( ou mais …)

939 Lincoln Road
South Beach
Miami, FL 33139
305 531 4982
Sun thru Fri 11AM – 10PM
Sat 11AM – 11pm

Publicado em Miami, Onde Comprar | Publicar um comentário